Astro da NBA na década de 1980 vira vendedor de produtos de maconha

Cliff Robinson é sócio de marca que vende produtos feitos com a erva, plantada em sua fazenda, em Portland

Relacionadas

Depois de uma carreira longa de 18 temporadas na NBA, o ex-jogador Cliff Robinson, ídolo dos anos 1980 e aposentado desde 2007 das quadras, faz sucesso no estado norte-americano do Oregon produzindo e comercializando produtos à base de maconha. A atividade é permitida pela legislação estadual. As informações são do portal UOL Esporte.

Um dos grande jogadores do Portland Trail Blazers, Cliff, que passou também por grandes equipes como Phoenix Suns, Detroit Pistons, Golden State Warriors e New Jersey Nets, é dono da marca "Uncle Cliffy" (Tio Cliffy), na qual investiu parte dos US$ 60 milhões que acumulou em salários. 

 

 

"Há uma percepção errada de que cannabis e o esporte são incompatíveis", diz o ex-jogador, para quem a empreitada é "uma forma de contar às pessoas suas ideias fora de quadra". Segundo a reportagem, em uma fazenda de Portland, Cliff e seus sócios fazem desde a plantação até a comunicação com as lojas que desejam comprar os produtos da empresa. "Quero tirar o estigma da maconha".

Cliff também dedica parte do tempo a debater com as principais ligas de esporte nos Estados Unidos a possibilidade da utilização da erva para atletas profissionais. "Os jogadores passam por muito estresse físico e mental. No fim do dia, a maconha é uma alternativa melhor do que qualquer remédio", afirmou ao UOL.

MAIS SOBRE:

basquete Basquete NBA
Comentários