Por lesão de Kawhi, torcedor dos Spurs processa Warriors e Pachulia

Juan Vazquez quer que franquia e jogador sejam punidos por lance do Jogo 1 da final da Conferência do Oeste da NBA

Relacionadas

No primeiro jogo da final da Conferência Oeste da NBA, o armador Kawhi Leonard, do San Antonio Spurs, torceu o tornozelo após uma jogada, no mínimo, desonesta de Zaza Pachulia, do Golden State Warriors. Com a lesão, o jogador de San Antonio perdeu os 20 minutos finais da primeira partida e todo o segundo confronto entre as duas franquias. 

Em função disso, o torcedor Juan Vazquez, em nome dos donos de ingressos de jogos de toda a temporada e da loja de cards What's On Second, entrou com uma ação civil contra Pachulia e os Warriors. 

"Tudo o que estamos pedindo da corte é que esse tipo de comportamento, que pode causar e causa lesões sérias para o nosso time e aqueles que o amam, não seja permitido em San Antonio", afirmou Alfonso Kennard Jr, advogado que lidera a ação. 

De acordo com matéria do jornal San Antonio Express News, o processo cita que Pachulia, "sem desculpas ou justificação, intencionalmente ou maliciosamente invadiu a área da descida de um atleta adversário, Kawhi Leonard". 

 

 

A ação de Pachulia "devastou a qualidade da chance dos Spurs serem competitivos e terem jogos adicionais em nossa arena, tanto na final da Conferência do Oeste e potencialmente na final da NBA" e afetou negativamente "o valor dos ingressos adquiridos após a data da compra deles", cita o processo. 

O grupo ainda pediu algumas medidas contra Pachulia e os Warriors, como "pagamento de multa de até US$ 73 mil" (R$ 229 mil) e uma "ordem de restrição temporária emitida sem notificação aos réus que os impeça de agir da maneira citada". 

MAIS SOBRE:

basquete nba zaza pachulia San Antonio Spurs Kawhi Leonard
Comentários