Alojamento pega fogo e jogadores perdem roupas, documentos e salários

Atletas do Guarany de Camaquã, agora, dependem de ajuda para estrear na terceira divisão gaúcha

Relacionadas

Faltando um pouco menos de um mês para a estreia na terceira divisão do Campeonato Gaúcho, os jogadores do Guarany de Camaquã (cidade que fica a 130 km de Porto Alegre) vivem um grande drama. Um incêndio, que teria origem num curto-circuito, destruiu completamente o alojamento que abrigava 20 atletas do clube, consumindo roupas, documentos e até o dinheiro dos salários.

Felizmente, segundo o presidente do Guarany, Rogério Barbosa, apenas dois jogadores estavam no local no momento do incêndio e ninguém ficou ferido.

"Houve grandes prejuízos quanto as coisas pessoais. Um jogador só ficou com o calção", lamentou ao jornal Zero Hora. Os jogadores, agora, ficarão abrigados no Ginásio Municipal de Camaquã.

Segundo o portal gaúcho, um grande esforço da comunidade foi feito para ajudar no caso, segundo o presidente. Ele próprio afirmou ter pego roupa dos filhos e doado para os jogadores. "Todos membros da diretoria que têm filhos fizeram isso".

Barbosa afirma que a equipe, cujos jogadores recebem em média R$ 800 e têm de 18 a 23 anos, não correm o risco de desistir do campeonato.

MAIS SOBRE:

futebol Campeonato Gaúcho de Futebol
Comentários