Após choque, sul-coreano realiza respiração boca a boca em colega desacordado

Lee Sang-Min não pensou duas vezes e efetuou procedimento em Jeong Tae-Wook

Relacionadas

Na última segunda-feira, 27, a seleção da Coreia do Sul sub-20 venceu a Zâmbia sub-20 por 4 a 1. No entanto, a partida ficou marcada por um lance trágico já nos minutos finais, quando o placar já estava definido. Na tentativa de cortar um cruzamento aos 35 do segundo tempo, o zagueiro Jeong Tae-Wook se chocando com o meia adversário Kenneth Kalunga e caiu inconsciente no gramado. 

Em poucos segundos, os companheiros e o árbitro já perceberam a gravidade da situação, e começaram a chamar os médicos. Vendo o estado do colega, o defensor Lee Sang-Min não pensou duas vezes e efetuou respiração boca a boca em Tae-Wook. Enquanto fazia o procedimento, a ambulância entrou no gramado e retirou o jogador do campo. Ao todo, o jogo ficou parado por sete minutos. 

Após a partida, o técnico Shin Tae-yong afirmou que Tae-Wook havia sido levado para um hospital e já estava consciente. Após exames, o jogador foi diagnosticado com uma fratura no pescoço e ficará cerca de três meses afastado do futebol. 

A partida era válida pela Torneio Internacional Sub-20, patrocinado pela Adidas. Sede da próxima Copa do Mundo da categoria, a Coreia do Sul foi a campeã da competição, que ainda contava com Honduras e Equador. Na cerimônia de entrega da taça, os jogadores coreanos exibiam uma camisa número 5, usada por Tae-Wook, em lembrança ao companheiro lesionado. 

MAIS SOBRE:

futebol
Comentários