Charlton homenageia policial e torcedor do clube morto em atentado de Londres

Keith Palmer foi uma das vítimas do ataque que chocou a capital britânica

Relacionadas

O pânico tomou conta da cidade de Londres na tarde desta quarta-feira, após um atentado que deixou 5 mortos e 40 feridos, próximo ao Parlamento do Reino Unido. Um motorista, que já foi identificado, acelerou pela Ponte de Westminster, no centro da cidade e atropelou pedestres, até mesmo na calçada. A trajetória do veículo só foi interrompida centenas de metros à frente, quando o carro bateu nas grades do Parlamento. 

Uma das vítimas da fatalidade era Keith Palmer, um homem de 48 anos que cumpria seu turno enquanto policial metropolitano. Trabalhando há 15 anos no grupamento responsável pela segurança do Parlamento, Palmer foi esfaqueado pouco antes de o terrorista ser morto. Em sua homenagem, o Charlton, clube pelo qual era apaixonado e um frequentador assíduo do The Valley, pousou um cachecol no assento de onde Palmer assistia aos jogos do seu time de coração.  

Homenagem será mantida até dia 4 de abril, quando a equipe londrina volta a jogar em seu estádio. Em comunicado em seu site oficial, os Addicks ofereceram condolências à família de Palmer e afirmaram que discutirão outras maneiras de prestar tributo ao policial na próxima partida do time em casa, contra o MK Dons.

MAIS SOBRE:

futebol Inglaterra Londres
Comentários