Como pai e embaixador da Unicef, Messi pede fim da guerra na Síria

Craque do Barcelona fez apelo por meio de suas rede sociais

O atacante Lionel Messi, do Barcelona, pediu nesta quarta-feira, na condição de embaixador do Unicef, o fim da guerra na Síria. O conflito, que já dura 6 anos, tirou a vida de aproximadamente 16 mil crianças.

"Um dia de guerra já é demais. As crianças da Síria estão há seis anos submetidas à violência e crueldade de um conflito que as têm como reféns. Como pai e embaixador da Unicef, fico de coração partido", lamentou o argentino em seu perfil oficial no Facebook.

A publicação é acompanhada da foto de um garotinho e o link da canção composta e doada ao UNICEF por Zade Dirani, embaixador regional do UNICEF para o Oriente Médio e Norte da África. Interpretada por uma garota síria de 10 anos, que nasceu cega, a música traz mensagens de paz e esperança.

MAIS SOBRE:

futebol Messi Síria Barcelona
Comentários