'Deus e Messi dirão se a Argentina ganhará a Copa do Mundo', diz Mauricio Macri

Na Rússia, presidente argentino ainda desejou que seu país tenha mais sorte e termine à frente do Brasil

Relacionadas

O presidente argentino, Mauricio Macri, afirmou nesta terça-feira que "Deus e Messi dirão se a Argentina ganhará a Copa do Mundo", após se reunir no Kremlin com o líder russo, Vladimir Putin.

"O mais importante é competir bem, e Deus e (Leo) Messi dirão se poderemos ganhar o Mundial", disse Macri, ex-presidente do Boca Juniors, à imprensa.

Macri, que chegou na segunda-feira a Moscou em sua primeira visita a este país, assegurou que quer voltar à Rússia uma segunda vez em junho para acompanhar as duas primeiras partidas da Argentina acompanhado de sua filha Antonia e "uma terceira vez à final" de 15 de julho.

 

Olho roxo de Cristiano Ronaldo assusta em treino do Real Madrid

United segue com maior arrecadação do futebol, à frente de Real e Barça

 Siga o Fera no Twitter!

 

 

"Espero que cheguemos à final e tenhamos mais sorte do que no Brasil", apontou.

A Argentina, que perdeu a final da Copa do Mundo do Brasil para a Alemanha por 1 a 0, estará no Mundial da Rússia em um grupo junto com Croácia, Islândia e Nigéria, após garantir uma vaga no torneio na última partida das Eliminatórias Sul-Americanas. / EFE

 

 

MAIS SOBRE:

futebol lionel messi Mauricio Macri Argentina [América do Sul] Vladimir Putin Rússia
Comentários