Ex-goleiro detona Maradona: 'ele muda de lado por um cachorro-quente'

Chilavert, que já tinha criticado ex-jogador por conta do apoio a Lula, detonou Maradona pelo apoio a Infantino na Fifa; ídolo argentino respondeu

O ex-goleiro paraguaio José Luis Chilavert, que já tinha criticado o ex-atacante Diego Maradona quando este declarou apoio ao ex-presdiente Luis Inácio Lula da Silva, voltou a "detonar" o ídolo argentino nesta terça-feira. Depois, Chilavert, ainda bateu boca com um seguidor, que no Twitter o comparou a Maradona. O argentino, depois, ainda respondeu à fala do paraguaio.

Tudo começou quando, em entrevista ao jornal La Nación, Chilavert, conhecido pelo posicionamento político, comentou o apoio declarado de Maradona à gestão do atual presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Tricolor freguês e Santos carrasco: Roberto de Andrade deixa o Corinthians

Campanha para frase do ônibus da seleção da Copa chega ao mês final

"Seu papel (de Maradona) é muito triste. Antes das eleições, ele (...) destruía Infantino. Agora trabalha para ele", declarou o ex-goleiro. "Sabemos que Maradona muda de lado por um cachorro-quente e uma Coca. Faz um papel triste; usam ele como uma marionete, sem peso", cometou Chilavert, que detonou: "Já os meus valores não têm preço".

No Twitter, um fã de Maradona decidiu responder a Chilavert, afirmando que o paraguaio "não ganhou nada" ao longo da carreira, ao que o ex-goleiro respondeu: "Ganhei muitas finais, quatro vezes melhor do mundo e sem drogas. Saudações".

Na rede social, anteriormente, a lenda do futebol paraguaio também já tinha criticado Maradona, em resposta a um seguidor que pediu um comentário sobre a foto na qual o argentino aparece segurando uma camisa da seleção brasileira, com o nome de Lula, em apoio ao ex-presidente. "Lula condenado e Maduro matando gente de fome por pensar diferente. Vergonha mundial esse personagem (Maradona)", escreveu o ex-goleiro.

Isso fez com que o próprio argentino e seu advogado entrassem na discussão. No Twitter, Matías Mora, advogado de Maradona, acusou Chilavert de não "ter moral" para criticá-lo. "A droga não melhora o desempenho esportivo. Diego foi o melhor sem precisar da droga. O usuário é um doente que precisa de ajuda, não de julgamento", escreveu o advogado.

Já o ex-craque argentino deu entrevistas e declarou: "Faz 14 anos que não consumo droga e posso falar do tema. Não sei se Chilavert pode falar deste tema da mesma forma", atacou. "Chilavert é um 'panqueca'. Quando esteve comigo cara a cara no Brasil, disse que me apoiava, que estava comigo. Nota-se que o excesso de comida está fazendo mal para ele".

"Eu sou um gordo feliz e sem drogas", devolveu Chilavert:

 

 

MAIS SOBRE:

futebol Maradona Gianni Infantino Corinthians Fifa [Federação Internacional de Futebol] futebol
Comentários