Jornais franceses detonam Thiago Silva após fracasso do PSG: 'Covarde'

Publicações colocam o brasileiro como principal culpado da eliminação para o Barcelona

Relacionadas

A inacreditável virada do Barcelona para cima do Paris Saint-Germain e a consequente classificação às quartas de final da Liga dos Campeões repercutiu em todo o mundo. Na França, porém, o clima é de lamentação e críticas. E sobrou até para Thiago Silva, considerado um dos melhores zagueiros do mundo, mas que tem um histórico de se abalar e não costuma ir bem em grandes jogos.

"Desde o ocorrido na Copa de 2014, o zagueiro conhecido como O Monstro tem sido chamado de medroso pelos críticos. Entenda como covarde. Que some nos jogos grandes", publicou o jornal Le Figaro, que lembrou o choro do atleta durante as penalidades de Brasi le Chile, nas oitavas de final da Copa do Mundo.

Segundo o Goal, por toda sua experiência, Thiago tinha obrigação de auxiliar o jovem Marquinhos, seu parceiro de zaga: "Thiago Silva poderia ter sido lembrado como um dos maiores zagueiros de todos os tempos, se não fosse por uma coisa: sua fragilidade mental. Marquinhos, ao lado dele, foi o jogador mais vulnerável na noite dos caprichos de Lionel Messi, Luis Suárez e especialmente Neymar. No momento de fraqueza de seu parceiro, o experiente brasileiro deveria ter sido uma rocha para apoiar, porque possuía a braçadeira. Em vez disso, ele simplesmente demonstrou fraqueza".

As publicações ainda lembraram que Thiago Silva ficou de fora da vitória por 4 a 0 no primeiro jogo por uma suposta lesão. De acordo com os jornais, o real motivo da ausência foi que ele "paralisou" antes de enfrentar o Barcelona, que já havia eliminado o Paris Saint-Germain em edições anteriores da Liga.

MAIS SOBRE:

Futebol Barcelona Paris Saint-Germain Liga dos Campeões França Chile Copa do Mundo Marquinhos Messi Luis Suárez Neymar Futebol
Comentários