Kaká dá 'cala boca de brincadeira' em adversário e é expulso nos EUA

Jogador brasileiro quis brincar com um ex-companheiro de time e acabou se dando mal

Relacionadas

Um lance já nos acréscimos chamou muita atenção do jogo entre New York Red Bulls e Orlando City, pela Major League Soccer, o principal torneio de futebol dos Estados Unidos. Depois de uma falta e um princípio de confusão entre os jogadores, o brasileiro Kaká decidiu interver com uma "brincadeira" e acabou sendo expulso pelo árbitro.

Na ocasião, o camisa 10 do time da Flórida colocou a mão na boca de Collin, do time rival, que tentava dizer algo. Até aí, tudo bem e é até mesmo justificável que o juiz interprete isso como uma agressão. Porém, o que o dono do apito parece não ter percebido durante a análise por vídeo é que tudo foi feito por Kaká com um grande sorriso no rosto e até mesmo Collin parece ter se divertido com a brincadeira, já que os dois são ex-companheiros de time e parecem ter uma boa relação fora dos campos.

Depois de receber o cartão vermelho, o brasileiro até tentou justificar com o árbitro, mas não teve jeito e ele foi para o chuveiro mais cedo. Isso, porém, pouco importou no resultado final já que a partida já estava em 3 a 1 para o time nova iorquino. Antes disso, Kaká até que foi bem, dando assistência para o único gol do Orlando no jogo, marcado por Rivas.

MAIS SOBRE:

Futebol Orlando City Estados Unidos [América do Norte] Kaká Orlando [Estados Unidos] futebol
Comentários