Palmeirense morto a facadas era pai de 3 meninos e lutava contra câncer

Leandro de Paula Zanho tinha 38 anos e trabalhava há 20 como mecânico montador

Após a derrota por 2 a 0 para o Corinthians, no Allianz Parque, na noite da última quarta-feira, 12, um torcedor do Palmeiras morreu devido a facadas sofridas durante uma briga com corintianos, na região central de São Paulo. 

Relacionadas

Leandro de Paula Zanho, de 38 anos, morava na Vila Valparaíso, em Santos André, na região do ABC Paulista e trabalhava como mecânico montador há 20 anos. De acordo com reportagem de Beatriz Cesarini e Emanuel Colombarim, do UOL Esporte, o palmeirense era o único filho homem de Wilson e Odete Zanho, que também tiveram duas mulheres, Carla, mais velha, e Renata, caçula. 

Casado há cerca de dez anos com Tábata, Leandro era pai de três meninos, Guilherme, de 12 anos, , Lucas, 8, e Rafael, 3. Nos últimos anos, ele foi acometido por um tumor ocular, o que o obrigou trocar o olho esquerdo por uma prótese. 

Ainda segundo a matéria, em 2015, ele acionou a Justiça para pedir o uso de pílulas de fosfoetanolamina, medicamento produzido por um especialista da Universidade de São Paulo (USP) para o tratamento da doença. 

A situação se agravou após o câncer se espalhar pelo corpo, atingindo o fígado e causando dores pelo corpo. Ultimamente ele considerava, mas não gostava, da ideia de se aposentar devido à doença. 

Sem ligação com torcidas organizadas, Leandro costumava a ir a diversos jogos do Palmeiras, acompanhado dos filhos ou com o amigo Rodrigo. Nesta quarta, ele assistiu à partida em um bar próximo ao Allianz Parque. Na volta para casa, em um carro com mais dois amigos, eles se depararam com alguns corintianos tirando sarro pela derrota. 

Felipe, colega de Rodrigo que estava no carro, resolveu descer para tira satisfação. Então, Felipe e Leandro tentaram segurá-lo, mas não conseguiram. Na confusão, Leandro acabou levando uma facada na perna e outros golpes de facão no abdômen. Encaminhado para a Santa Casa, ele faleceu na manhã desta quinta-feira. 

MAIS SOBRE:

futebol Corinthians Palmeiras
Comentários