Paulinho é eleito pior jogador da história do Tottenham por revista

Ironicamente, meia brasileiro foi o destaque na goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai ao marcar três gols

Relacionadas

Paulinho foi o grande nome da goleada por 4 a 1 da seleção brasileira sobre o Uruguai, nesta quinta-feira, em Montevidéu, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Além de ter uma atuação muito boa no meio-campo, o ex-corintiano balançou as redes adversárias três vezes. 

Porém, na mesma noite em que foi bastante elogiado por companheiros de seleção e jornalistas brasileiros, Paulinho foi muito criticado pela revista inglesa FourFourTwo que, em votação com torcedores, o elegeu como o pior jogador da história do Tottenham. 

Quem explicou a escolha pelo jogador foi Tom Hayward, administrador do perfil no Twitter "The Tottenham Way", com mais de 9 mil seguidores. Na argumentação, o torcedor explica que "brasileiro de 18 milhões de libras começou até que bem, marcando de letra o gol da vitória sobre o Cardiff, nos acréscimos, mas rapidamente a alcunha de 'novo Frank Lampard' virou tema de risadas". 

"A marcante memória de Paulinho é o inesquecível 'chute' contra o Burnley, em 2015, o que causou cena de pura descrença dos torcedores visitantes. Em outro jogo, contra o Norwich, ele dominou um passe tal mal que ela bateu na cara dele. Alguns jogadores limitados ainda mostram esforço, mas até nisso ele era ruim. Os técnicos acenavam de forma sutil para ele chamando jogadores machucados antes de jogos de competições europeias", continua Hayward. 

E ele conclui: "Pensar no Paulinho me deixa fisicamente bravo, e estou feliz que ele esteja na China, onde eu não preciso mais olhar para ele". 

 

 

Campeão paulista (2013), brasileiro (2011), sul-americano e mundial (ambos em 2012) pelo Corinthians, Paulinho foi contratado pelo Tottenham logo depois do título da Copa das Confederações, em 2013. Em dois anos no White Hart Lane, o brasileiro somou 67 jogos e 10 gols. 

 

MAIS SOBRE:

futebol paulinho Tottenham
Comentários