Flamengo deixa vinda de Adriano em aberto e prega respeito ao ídolo

Presidente do clube afirma que assunto é tratado com carinho, mas não é para 'oba-oba'

Relacionadas

Os rumores sobre a volta de Adriano ao Flamengo já tomou conta da torcida rubro-negra, mas o próprio clube prega cautela e respeito ao ídolo quando o assunto é o seu retorno ao futebol profissional.

+ Bangu vai jogar com escudo de campeão mundial de 1960 no uniforme

+ Após desejar sorte, Neymar zoa cabelo de Philippe Coutinho: 'Tá na moda?'

+ Lucas Moura pode acertar ida ao Manchester United, diz TV francesa

Durante a apresentação de Carpegiani, o presidente Eduardo Bandeira de Mello falou sobre o assunto. "Tem que ser tratado com carinho e com respeito, não é para "oba-oba". O Flamengo nunca vai fechar as portas para ele. O procurador dele já sabe que o departamento médico está à disposição para conversar com ele. Estaremos sempre aqui para ajudar a pessoa, o ídolo. Mas nada de oba oba, nada de "o Imperador voltou". Por ser nosso ídolo, tem que ser respeitado. Espero que daqui 10 ou 15 anos, o Adriano seja lembrado como ídolo, independente do que aconteça com ele agora", explicou.

O desejo de retornar ao clube veio do próprio jogador, depois de disputar o tradicional Jogos das Estrelas, no fim do mês passado, Adriano afirmou só dependeria do Flamengo para vestir novamente a camisa do time carioca ainda este ano.

A última partida oficial de Adriano foi em maio de 2016, quando deixou o Miami United, dos Estados Unidos.

 

MAIS SOBRE:

futebol Flamengo Adriano
Comentários