Real Madrid só vai liberar Cristiano Ronaldo se contratar Neymar, diz jornal

Jornal 'As' acrescenta mais um episódio à novela da insatisfação dos craques com seus clubes

Relacionadas

Mais um dia e mais um capítulo sobre a novela envolvendo Real Madrid, Cristiano Ronaldo e Neymar. Nesta quinta-feira, 25, o jornal da capital espanhola As publicou que o presidente madridista, Florentino Pérez, só aceitará liberar o português ao final desta temporada caso consiga contratar o brasileiro. 

Diversos veículos espanhóis e portugueses já dão como certa a insatisfação de Cristiano Ronaldo no Real Madrid. Enquanto na Espanha publicam que ele estaria infeliz com seu salário, equivalente à metade do de Messi, e até o não cumprimento de uma promessa de melhora em seu contrato após a conquista da última Liga dos Campeões, em Portugal atribuem a crise ao pouco investimento feito para a atual temporada. 

 

Cristiano Ronaldo explica que mágoa com o Real 'não é pelo dinheiro'

Neymar aceita diminuir salário para vestir a camisa do Real Madrid

+ Siga o Fera no Twitter!

 

Há dez dias, o mesmo As publicou que Cristiano Ronaldo já teria decidido deixar o Real Madrid e acertar seu retorno ao Manchester United. 

Outro personagem dessa cena é Florentino Pérez, quem nunca escondeu seu desejo em contratar Neymar. O jornal Marca, inclusive, já publicou que o presidente tem um plano de cerca de 400 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão) para poder trazer o atacante do Paris Saint-Germain. 

 

 

Enfrentando situação parecida à de Cristiano Ronaldo, Neymar também é pauta na França sobre sua infelicidade no Paris Saint-Germain. Nesta quarta-feira, 24, o jornal L'Équipe publicou uma matéria dizendo que o brasileiro estaria "arrependido" de ter trocado de país. A principal razão deste descontentamento seria o "jogo muito defensivo e físico" do Campeonato Francês, o que o irrita devido às seguidas faltas que sofre nas partidas. 

O camisa 10, portanto, também já estaria de olho em retornar à Espanha, onde acredita ter mais liberdade para jogar. Segundo o As, em matéria desta quarta, 24, Neymar aceitaria até uma diminuição em seu salário para poder jogar no time de Zinedine Zidane. 

 

 

MAIS SOBRE:

futebol Cristiano Ronaldo Neymar Paris Saint-Germain Real Madrid Club de Futbol
Comentários