Palmeirenses organizam tuitaço contra Globo e chegam aos trending topics

Torcedores também tentaram atrapalhar a transmissão durante jogo com Novorizontino

Relacionadas

Na noite desta quarta-feira, a internet viu uma movimentação fora do comum em dias de jogos de futebol: a torcida do Palmeiras realizou um tuitaço contra a Rede Globo com a hashtag #GloboRespeiteOPalmeiras, e chegou ao segundo lugar nos temas mais comentados da rede social no Brasil, além de aparecer nos trending topics mundiais.

+ Apagão no Nordeste atrapalha até partida de futebol em Fortaleza

+ Willian e Montillo postam fotos para homenagear filhos com Síndrome de Down

+ Jornal lista os atletas 'mais perigosos' fora de campo; três são do Brasil

A fagulha para o protesto seria a notícia de que a emissora teria oferecido menos dinheiro para a renovação de contrato de exibição de partidas na TV aberta do time, devido ao Palmeiras ter fechado contrato para TV fechada com o Esporte Interativo e não com a Globo (SporTV). Assim, o alviverde receberia entre 5% e 20% a menos em cada partida que fosse transmitida também no Esporte Interativo.

Além disso, outra razão para a revolta seria que o Palmeiras, inicialmente, não teria nenhum jogo das quartas de final do Campeonato Paulista transmitido na TV aberta. O time jogaria sábado (17/03) e na terça-feira (20/03), programação que foi alterada por pedido da Polícia Militar, fazendo com que o jogo entre Palmeiras e Novorizontino fosse disputado na quarta-feira, e passando na Globo.

Outras causas de atrito são um bandeirão da torcida do Corinthians, estendido no clássico com o Palmeiras, que continha o logo do Premiere, serviço da Globo; a emissora não utilizar o nome "Allianz Parque" durante as transmissões; e o time passar menos vezes na TV do que os rivais da capital paulista.

Durante a partida contra o Novorizontino, alguns torcedores tentaram atrapalhar a transmissão jogando camisas para o alto em frente à cabine onde estavam os profissionais da Globo, sem, entretanto, ofendê-los diretamente.

MAIS SOBRE:

futebol Palmeiras Rede Globo
Comentários