Ribéry revela que cicatriz no rosto ajudou a moldar o seu caráter

Jogador francês explica a importância da marca que tem desde os seus dois anos de idade

Relacionadas

Franck Ribéry explicou a importância da cicatriz que tem em seu rosto. Em entrevista ao Canal +, o jogador francês relevou que já sofreu muito por conta da marca, mas ela ajudou a moldar o seu caráter.

+ Pelé revela em entrevista que não pretendia jogar a Copa de 1970

+ Irmão de Ronaldinho Gaúcho confirma que craque se aposentou de jogos oficiais

+ 'Falta de respeito': Cristiano Ronaldo quer receber como Messi e Neymar

"Não é fácil ter uma cicatriz como essa desde a infância. Imagina para uma criança conviver com olhares e críticas? As pessoas diziam: 'Olha a cara dele, olha a cabeça. O que é aquela marca? É feio'. Eu e minha família sofremos demais", contou.

Ribéry convive com a cicatriz desde os dois anos de idade, quando sofreu um acidente de carro na cidade francesa de Boulogne-sur-Mer. O sofrimento, porém, deixou o jogador ainda mais forte. "Falavam de mim por causa da minha cicatriz. Apesar de ter ficado perturbado com isso, principalmente por ser novo, nunca me escondi para chorar. Nunca! Foi a cicatriz que moldou meu caráter e que me trouxe essa força toda", finalizou.

 

MAIS SOBRE:

futebol Franck Ribery
Comentários