De quanto o Brasil estaria perdendo da Alemanha se o 7 a 1 ainda estivesse rolando?

E se o confronto no Mineirão tivesse sido a partida de ida de uma disputa mata-mata, quanto o Brasil teria que fazer para reverter a desvantagem?

Relacionadas

A partir desta sexta-feira, os brasileiros já começaram a ficar ansiosos para o dia 27 de março de 2018, data do primeiro reencontro entre as seleções principais de Brasil e Alemanha desde o vergonhoso e inesquecível 7 a 1, sofrido na semifinal da Copa do Mundo de 2014, em Belo Horizonte. A partida está marcada para o Estádio Olímpico de Berlim e servirá como preparação para o próximo Mundial, na Rússia. 

Mas você já imaginou em quanto estaria o placar daquela partida no Mineirão se ela ainda estivesse rolando até hoje? Saiba que o Brasil estaria perdendo de 117,240 a 31,264! 

Logo depois da fatídica partida, o site BrasilEAlemanhaEterno.com começou a fazer a contagem do placar, porém o domínio se encontra atualmente fora do ar. Sendo assim, nós do Fera resolvemos estipular o resultado de maneira aproximada, não levando em conta o horário de início ou término do jogo e a média de minutos por gol de cada seleção. 

E quanto estará o "eterno 7 a 1" no dia do reencontro, em 2018? 163,080 a 43,488. 

 

E SE FOSSE NO MATA-MATA?

Ainda na onda da virada épica do Barcelona sobre o Paris Saint-Germain, na Liga dos Campeões, nós também calculamos quantos gols o Brasil deveria marcar para reverter o resultado caso ele tivesse acontecido em um mata-mata com critério do gol qualificado. 

Considerando que a seleção perdeu em casa sofrendo sete gols, deveria vencer por, no mínimo, 7 a 0, deixando o placar agregado em 8 a 7. Caso sofresse um gol, deveria fazer os mesmos sete para levar a decisão para a prorrogação ou pênaltis. A partir do segundo gol tomado, o time brasileiro poderia vencer por pelo menos seis gols de diferença (8 a 2, 9 a 3, 10 a 4...), já que assim teria mais gols como visitante. 

Será que a seleção conseguirá reverter a desvantagem ou terá que chamar o Barcelona? 

MAIS SOBRE:

futebol copa do mundo Brasil Alemanha
Comentários