Vestibular tira promessa alemã de jogo decisivo na Liga dos Campeões

Kai Havertz não vai defender o Bayer Leverkusen no jogo contra o Atlético de Madrid

Relacionadas

Atuar em uma partida de Liga dos Campeões é um sonho para muitos jogadores. Quando se é um jogo decisivo, então, nem se fale. Porém, para Kai Havertz, meia de apenas 17 anos do Bayer Leverkusen, isso não é prioridade no momento. Tanto é que o jovem vai desfalcar o Bayer Leverkusen nesta quarta-feira, contra o Atlético de Madrid, pois a partida cai no mesmo dia do vestibular.

"Tem exames que não podem ser adiados", explicou Tayfun Korkut, técnico da equipe, mostrando que entende perfeitamente a escolha de seu atleta, que atualmente divide a atenção entre os treinamentos e jogos no time em que defende e a escola em que estuda.

Havertz começou a ganhar espaço no Leverkusen no último mês de outubro, por causa da suspensão do turco Hakan Çalhanoglu, suspenso pela Fifa por ter assinado contrato com dois clubes em 2011. O jovem foi um dos destaques do time na derrota por 4 a 2 no primeiro jogo contra o Atlético de Madrid na Bay Arena. Para se classificar, o time alemão precisa superar os espanhóis por três gols de diferença fora de casa para se classificar.

MAIS SOBRE:

Futebol Liga dos Campeões Bayer Leverkusen Atlético de Madrid Tayfun Korkut Fifa Futebol
Comentários