Autópsia revela consumo de drogas por ex-astro da NFL morto em acidente

Exames apontaram que Terry Glenn tinha consumido bebida alcoólica e maconha

Relacionadas

Terry Glenn, ex-wide receiver do New England Patriots, tinha consumido álcool e maconha antes do acidente fatal ocorrido em Irving, no Texas. Segundo informações do site TMZ Sports, o nível de álcool no sangue do ex-jogador de 43 anos era mais que o dobro do limite legal. 

A noiva de Glenn disse à polícia que eles estavam voltando para casa de um jogo do Dallas Cowboys no dia 20 de novembro, quando Glenn bateu em uma pilastra de concreto e foi arremessado para fora do veículo. Ele sofreu lesões graves e foi declarado morto pouco tempo depois.

+ Elenco do Barcelona faz a alegria das crianças em hospital na Catalunha

+ Minicraque de Neymar é anunciado por R$ 3,9 milhões; veja

+ Aguardado com bolo pelo elenco do Fluminense, Scarpa segue sumido

Terry Glenn foi draftado pelos Patriots em 1996, jogou na equipe até 2002, quando foi para o Green Bay Packers. Na temporada seguinte vestiu a camisa do Dallas Cowboys, onde ficou até se aposentar em 2007. No período em que jogou nos Patriots, o jogador foi líder em "receiving yards" nos anos de 1996, 1998, 1999 e 2000, quando Drew Bledsoe era o quarterback principal.

MAIS SOBRE:

futebol americano Texas [Estados Unidos] NFL [Liga de Futebol Americano] Green Bay Packers Tom Brady
Comentários