Canoísta japonês é suspenso por colocar anabolizante na água de rival

Yasuhiro Suzuki admitiu que provocou o flagrante no exame de doping do compatriota Seiji Komatsu

Relacionadas

A Agência Antidoping do Japão revelou um caso incomum de doping nesta terça-feira. Yasuhiro Suzuki, da canoagem, foi suspenso por oito anos por ter provocado o doping de um rival no Campeonato Nacional do ano passado, disputado em setembro.

De acordo com a entidade, Suzuki admitiu que "batizou" uma bebida do compatriota Seiji Komatsu com esteroides anabolizantes, provocando o resultado positivo no teste realizado pelo rival nas semanas seguintes.

 

Lucas Moura pode acertar ida ao Manchester United, diz TV francesa

Site especializado cria aposta sobre casamento de Neymar e Bruna Marquezine

+ Siga o Fera no Twitter!

 

A Federação de Canoagem do Japão iniciou a investigação quando Komatsu testou positivo, mas insistiu em negar qualquer consumo de substâncias proibidas. Durante a apuração do caso, Suzuki admitiu que colocou o esteroide, totalmente proibido pela Agência Mundial Antidoping (Wada) em uma bebida de Komatsu.

Trata-se do primeiro caso em que um atleta falha num teste antidoping por conta de contaminação deliberada, segundo a agência japonesa.

Yasuhiro Suzuki tem como um dos seus melhores resultados no caiaque a medalha de bronze obtida na prova K1 1000 metros nos Jogos Asiáticos de 2010.

 

Cachorro de corrida campeão é flagrado com cocaína em anti-doping

Atleta norte-americano é pego no doping por 'beijar muito' a namorada

 

 

MAIS SOBRE:

canoagem Yasuhiro Suzuki Agência Mundial Antidoping doping
Comentários