Clube de golfe na Escócia muda regra de 1744 e vai permitir mulheres em campo

Medida contra discriminação, que valia há 273 anos, foi revogada com o apoio de 80% dos sócios

Relacionadas

Pela primeira vez em 273 anos, um dos mais tradicionais clubes de golfe da Escócia, o Clube Muirfield, aprovou a admissão de mulheres em seus campos. O veto valia desde a criação do clube, há quase três séculos.

No clube, em 16 vezes, ocorreu o British Open de golfe. Por causa da política considerada discriminatória, as competições desde 2013, ocorreram em outros lugares.

Agora, Henry Fairweather, o presidente do clube, anunciou que a decisão foi aprovada com o apoio de 80% de seus 621 sócios. Na votação do ano passado, a entrada das mulheres tinha sido mantida vetada.

"Estamos ansiosos para receber as mulheres como membros que irão desfrutar, e beneficiar das grandes tradições e espírito amigável deste clube notável", afirmou o presidente.

MAIS SOBRE:

Golfe
Comentários