Top 3 do ranking chora ao abandonar Mundial de golfe para cuidar da mãe

Jason Day abandou competição para acompanhar mãe que fará cirurgia devido a um câncer no pulmão

O atual número três do ranking de golfe, o australiano Jason Day se retirou do Mundial de Match Play, disputado em Austin, nos Estados Unidos, para acompanhar sua mãe em uma cirurgia às pressas que será realizada nesta sexta-feira devido a um câncer no pulmão.

O golfista, de 29 anos, não conseguiu conter as lágrimas ao falar sobre situação. "No início do ano, um prognóstico apontava para mais 12 meses de vida. O diagnóstico é muito melhor agora. Ela vai fazer uma cirurgia e é realmente muito difícil até mesmo pensar em estar em um campo de golfe agora", disse o atleta após suas desistência.  

Essa não é a primeira vez que Day passa por uma situação como essa, já que seu pai morreu de câncer no estômago, quando ele tinha apenas 12 anos. "Eu já passei por isso uma vez com meu pai. E eu sei como é duro ver mais um passar por isso novamente", disse em entrevista coletiva. 

Abalado, ele decidiu abandonar a partida contra o norte-americano Pat Perez, que ficou com a vitória e segue na competição. Jason Day já venceu 15 torneios profissionais desde o começo de sua carreira, em 2006. Sua maior conquista até o momento foi a vitória no Aberto dos Estados Unidos de 2015. 

MAIS SOBRE:

Golfe Estados Unidos
Comentários