Brasileira nocauteada depois de provocar rival diz que voltará mais forte

'Vou voltar mais forte', prometeu Bethe Correia

Relacionadas

A brasileira do UFC Bethe Correia, que foi nocauteada pela norte-americana Holly Holm após chamar a rival para a briga e virou, com isso, um dos 'micos do ano', publicou em seu Instagram na tarde deste domingo um post no qual parabeniza a rival e garante que 'vai voltar mais forte'.

 A paraibana escreveu em inglês e português e prometeu se recuperar da derrota, a terceira em suas últimas cinco lutas. "Quero parabenizar a Holly pela luta. Mesmo vindo de 3 derrotas ela não desistiu e nem se escondeu e fez a luta principal comigo. Quero agradecer a todos os meus fãs, parceiros e equipe. Não voltarei com a vitória como sonhava, mas volto de cabeça erguida com mais um sonho realizado em lutar na Ásia e ser a protagonista da noite. Sonho que muitos tem e jamais realizaram. Só posso dizer aos meus fãs que curtem a Bethe Correia: EU VOLTAREI MAIS FORTE DO QUE NUNCA! Podem me aguardar!!!!", postou a brasileira.

A luta entre Bethe Correia e Holly Holm foi a principal do UFC Singapura, na manhã de sábado. Ex-campeã dos pesos-galos, Holm venceu por nocaute no terceiro round. Instantes depois de provocar Holm, a brasileira foi ao chão com um chute no rosto.

A situação, como não poderia deixar de ser, repercutiu bastante nas redes sociais e a brasileira, conhecida por gostar de "falar demais e agir de menos" foi bastante zoada pelos internautas. Piadas como "mico do ano", "muito gogó e pouca luta" e até uma risada enigmática da compatriota Jéssica Andrade, que também está no UFC, apareceram.

Reveja o nocaute aplicado pela norte-americana:

 

MAIS SOBRE:

lutas UFC
Comentários