Empresário diz que Holly Holm não irá mais lutar contra Cris Cyborg

Duelo estava praticamente certo para o UFC 219, mas norte-americana não chegou a um acordo com o Ultimate

 Holm não enfrentará Cyborg em dezembro (Foto:Reprodução/Facebook UFC)

Relacionadas

O UFC 219, último evento do Ultimate em 2017, não deve mais contar com a presença da brasileira Cris Cyborg. A campeã peso-pena vinha fazendo campanha para fazer sua primeira defesa de cinturão contra Holly Holm, que parecia estar animada com a possibilidade de o duelo acontecer. Porém, o empresário da norte-americana, Lenny Fresquez, declarou que não há mais chance de o combate ocorrer no dia 30 de dezembro.

Apesar de garantir que não haverá luta no UFC 219, Fresquez declarou que sua cliente gostaria de enfrentar Cyborg em outras circunstâncias, já que as duas construíram uma rivalidade nos últimos meses, principalmente através das redes sociais.

"Holly estava ansiosamente esperando para enfrentar Cris Cyborg no UFC 219, em 30 de dezembro. E ela estava treinando para isso. Mas não conseguimos chegar a um acordo financeiro para disputar o cinturão peso pena novamente em dezembro. Nós estamos animados em enfrentar Cris Cyborg diante das circunstâncias corretas", declarou Fresquez em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting.

A equipe de Cyborg não gostou da justificativa de Holm e deu a entender que o time da norte-americana estava pedindo uma quantia alta de propósito, para que o UFC não aceitasse e a luta não acontecesse. De qualquer forma, a brasileira garantiu que pretende se manter no UFC 219, enfrentando outra oponente, mas ainda não tem acordo com ninguém.

MAIS SOBRE:

lutas Holly Holm UFC [Ultimate Fighting Championship] Cris Cyborg
Comentários