Evento de luta no Paraná reverte renda para criança com doença rara

Brave 3, que acontece no dia 18 em São José dos Pinhais, terá renda destinada ao pequeno Arthur, de 1 ano, que tem amiotrofia muscular

Relacionadas

A organização do Brave Combat Federation, que promove o evento de lutas Brave 3 no dia 18 de março, em São José dos Pinhais (Grande Curitiba), vai destinar toda a renda arrecadada nas bilheterias para o pequeno Arthur Tetto Lader, de 1 ano e dez meses, que necessita de um tratamento com medicamentos especiais.

O menino tem uma doença rara e sem cura, chamada amiotrofia muscular espinhal, e o custo do tratamento pode superar R$ 2,3 milhões por ano, nos Estados Unidos. Dos R$ 1 milhão necessários inicialmente, para a viagem e outros custos, a família já arrecadou, até agora, cerca de R$ 170 mil. O tratamento pode ajudar Arthur a voltar a respirar sem aparelhos e movimentar braços e pernas.

"Quando soube da história do Arthur, imediatamente quis fazer algo para ajudar a família neste momento", disse Mohammed Shahid, presidente do Brave ao portal Combate. Foi criada a hashtag #juntospeloArthur.

O Brave 3 acontecerá no ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais. A luta principal da noite contará com o ex-UFC Lucas Mineiro, que enfrenta Paulo Bananada. O evento ainda contará com a presença Thiago Monstro, Julio Cesar “Morceguinho”,  Luan “Miau” Santiago e Felipe Efrain.

Os ingressos estão disponíveis em www.bravefights.com e em pontos de venda na capital paranaense.

 

MAIS SOBRE:

lutas Max Rosenmann UFC
Comentários