Fotógrafo do time de Holly Holm chama Cyborg de ‘homem’ em rede social

Mark Aragon fez comentários questionando a feminilidade da lutadora brasileira

 Aragon chamou Cyborg de 'homem'. Foto: Reprodução Instagram

Relacionadas

Durante toda a promoção do UFC 219, as protagonistas da luta principal Cris Cyborg e Holly Holm mantiveram um clima amistoso. Mas após o evento, o fotógrafo da equipe da norte-americana atacou a brasileira. O profissional Mark Aragon, credenciado como imprensa para trabalhar no show, causou polêmica ao questionar a feminilidade da campeã curitibana em uma postagem no instagram.

"Este cara é duro como o inferno. Ele (no masculino) disse que Holly foi a primeira a fazê-lo sangrar o nariz", escreveu o fotógrafo na publicação.

Após a postagem, a comunidade do MMA, incluindo vários jornalistas e até lutadores da própria Jackson-Wink MMA, condenaram a atitude do fotógrafo, que apagou a publicação em seguida. Apesar de toda polêmica, Aragon ainda não se desculpou pela publicação.

Cris Cyborg se manifestou em suas redes sociais criticando a postura do fotógrafo e cobrou um pedido de desculpa. 

 

Bulling antigo

Esta não é a primeira vez que Cris Cyborg sofre como essa provocação. O comentarista oficial do UFC, Joe Rogan, chegou a dizer durante um podcast que a lutadora 'tinha um pênis'. Até mesmo Dana White, presidente do UFC, chamou Cris de 'Wanderlei Silva com vestido'

MAIS SOBRE:

Holly Holm UFC [Ultimate Fighting Championship] Cris Cyborg
Comentários