‘Humilhada’, Amanda Ribas alerta atletas após cair no doping

Brasileira garante inocência e diz que suplementos contaminados foram os culpados por doping

 A. Ribas só irá estrear no UFC em 2019 (Foto: Reprodução Facebook Amanda Ribas MMA)

Após ser suspensa por dois anos por ter caído no doping antes de sua estreia no UFC, Amanda Ribas usou as redes sociais para emitir um comunicado em que alerta atletas de MMA mundo afora sobre os perigos de suplementos contaminados. A brasileira garante sua inocência, diz que nunca ouviu falar do esteroide ostarine que foi encontrado em seu sistema pela USADA e revela que uma pesquisa feita por conta própria achou outra substância proibida em um dos seus suplementos.

"Jamais fiz uso de doping e tampouco sabia o que era a substância, até então. Depois de gastarmos muito dinheiro com os testes, que são pagos pelo atleta, soubemos que o ostarine não fora encontrado. Porém em um dos suplementos foi encontrado clumbeterol, substância que, apesar de não ter surgido nos meus exames de antidoping, também classifica-se como ilegal", comentou a brasileira. 

 

Antes de estreia pelo UFC, Amanda Ribas é suspensa por dois anos

Mayweather e McGregor trocam provocações em redes sociais

+ Siga o Fera no Twitter

 

"Nunca fiz uso de doping de qualquer gênero e me sinto extremamente humilhada e prejudicada por estar pagando por algo que não fiz. O aparecimento do clumbeterol em um dos suplementos anteriormente utilizados por mim mostra a má qualidade e fiscalização de alguns fabricantes desse tipo de produto", completou. 

Amanda, que tem seis vitórias e uma derrota em sua carreira profissional, foi suspensa por dois anos e só poderá voltar a lutar em 2019. Ela garantiu que irá cumprir a punição e voltar para ser campeã do mundo no peso palha, além de deixar um alerta para todos os lutadores.

"Quero declarar aqui a minha inocência, e deixar um imenso alerta a todos os outros atletas profissionais do Brasil sobre o risco que esse tipo de consumo apresenta para nossas vidas e carreiras. Eu tomarei para mim a missão de alertar a todos! Vou continuar os treinamentos fortes pra ir em busca do cinturão do UFC", garantiu.

 

 

MAIS SOBRE:

lutas mma amanda ribas UFC [Ultimate Fighting Championship] MMA [artes marciais mistas]
Comentários