Ordem judicial contra Oezdemir cancela luta de Shogun no Chile

Volkan Oezdemir responde em liberdade um processo de agressão na Florida e está proibido de deixar os EUA

 Retorno de Shogun ao octógono está adiado. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Relacionadas

O retorno de Mauricio Shogun ao octógono está adiado. O brasileiro, que enfrentaria o suíço Volkan Oezdemir no UFC Chile, dia 19 de maio, teve o duelo adiado. O motivo é uma ordem judicial que impede o suíço de deixar os Estados Unidos. A notícia foi divulgada pelo site do canal Combate e confirmada pela reportagem.

Mackenzie Dern revela motivação redobrada para luta no UFC Rio

Wanderlei Silva será candidato a deputado federal em 2018

José Aldo encara Jeremy Stephens no UFC Canadá, em julho

Oezdemir foi preso em novembro de 2017, na Flórida, acusado de agressão. Ele pagou fiança de US$ 10 mil - cerca de R$ 34 mil na cotação atual -  e aguarda o julgamento em liberdade, porém não pode deixar os Estados Unidos.

Com a impossibilidade do suíço de lutar no UFC Chile, a organização trabalha para remarcar o combate em outra data, provavelmente dentro dos EUA,  mas ainda sem confirmação de evento ou local.

O adiamento frustra, temporariamente, a possibilidade de Shogun voltar a disputar o cinturão dos meio-pesados. Ex-campeão da categoria, o brasileiro vem de três vitórias consecutivas e com o campeão Daniel Cormeir subindo ao peso pesado e Jon Jones ainda afastado das competições por problemas com doping, ele poderia se aproveitar do momento e lutar pelo título em caso de triunfo.

MAIS SOBRE:

Lutas
Comentários