Ciclista fratura clavícula e seguradora se recusa a pagar cirurgia nos EUA

Letão Toms Skujins terá que viajar de volta ao seu país para ser submetido a operação após seguradora da equipe negar cobertura

Relacionadas

Enquanto liderava a segunda etapa do Tour da Califórnia, nesta segunda-feira, o ciclista letão Toms Skujins escorregou durante uma curva em um terreno de descida, caiu de maneira violenta e bateu a cabeça no asfalto. 

Após a queda, o atleta da equipe Cannondale tentou voltar para a corrida, mas mal conseguia se manter em pé devido à pancada na cabeça. Skujins até conseguiu retornar para a disputa, mas desistiu momentos depois.

Levado a um hospital, o letão foi diagnosticado com uma concussão e uma fratura na clavícula, além de apresentar diversos hematomas pelo corpo. "Eu nunca sugeriria uma luta contra o asfalto porque com certeza você irá perder", publicou o ciclista em sua conta no Twitter junto com uma foto sua no hospital. 

Mas se engana quem pensa que os problemas de Skujins tinham acabado. Segundo matéria do SB Nation, a seguradora da Cannondale se negou a pagar a cirurgia na clavícula nos Estados Unidos devido ao alto custo do sistema público de saúde do país. Sendo assim, ele terá que viajar de volta para a Letônia e ser operado lá. 

Detalhe curioso é que, segundo o ranking Euro Health Consumer Index, que compara sistemas públicos de saúde de 35 países europeus, a Letônia ficou na 29ª colocação. O levantamento anual é feito pela Health Consumer Powerhouse, empresa sueca de análise de companhias de saúde. 

 

 

MAIS SOBRE:

radicais Tom Skujins
Comentários