Isabel Clark comemora 100 largadas na Copa do Mundo de Snowboard: 'Dia especial'

Brasileira começou a a competir no esporte de neve há 16 anos

Relacionadas

Isabel Clark vive uma das semanas mais "curiosas" e marcantes em toda sua carreira como snowboarder. Na última quinta, em Bansko (Bulgária), durante a qualificatória para as finais, a rider brasileira encarou uma pista completamente reta, que demandou apenas 22.68 segundos para ser percorrida. Além disso, com a disputa nas finais deste sábado, a atleta completará 100 largadas em provas de Copa do Mundo de Snowboard.

16 anos depois de iniciar no Circuito e com 99 largadas no Mundial de Snowboard Cross, a carioca disputou a sua primeira prova em Tignes (França). De lá para cá, ela só não esteve presente nas edições de 2007 e 2015, temporadas posteriores aos Jogos de Inverno. "Estou animada com as finais aqui de Bansko. Será um dia especial na minha carreira pois completo 100 largadas em copas do mundo de snowboard. Sei que é somente um número, mas tem o seu significado", ressaltou.

Dinâmica, a pista de Bansko, que adota o estilo sprint e não conta com banks turns, curvas características de percursos da disciplina, é uma novidade no circuito da Copa do Mundo. Classificada na 23ª colocação, a menos de dois segundos da líder Eva Samkova, que atingiu o tempo de 21.23 segundos, a rider brasileira comentou o formato. "Em geral, os atletas estão gostando, inclusive eu. É bom variar o formato. A tática muda, a exigência e a perfeição aumentam, pois não há tempo para recuperar. Não é necessário aplicar técnica de curva. O principal é manter a prancha completamente plana o tempo todo, acelerar nos módulos da partida e ter suavidade nas aterrissagens", pontuou Clark.

MAIS SOBRE:

Snowboard Isabel Clark Bulgária França Jogos de Inverno Copa do Mundo Snowboard
Comentários