Mulheres de 20 países escalam Kilimanjaro e jogam futebol a 5.700 m

Alpinistas iniciaram a subida da montanha, na Tanzânia, na quinta-feira

Relacionadas

Uma aventura radical une jogadoras de futebol de 18 a 66 anos, de 20 países, na África. Elas escalarão o Monte Kilimanjaro, o mais alto do continente (e um dos maiores do mundo), que tem 5.895 metros. Depois, descerão a 5.729 m para jogar uma partida de futebol, com o tempo normal de duração, de 90 minutos, no solo vulcânico coberto de neve.

A escalada começou na quinta-feira e o jogo deve ocorrer, pelas previsões do grupo, entre os dias 24 e 25 deste mês. A escalada deve durar de 6 a 10 dias e o ar rarefeito será uma enorme dificuldade para a disputa do jogo. 

Entre as jogadoras presentes, de acordo com o relato da ESPN, estão Lori Lindsey (ex-seleção feminina dos EUA), Rachel Unitt (ex-meio-campista da Inglaterra), Petra Landers (ex-jogadora da Alemanha) e Monica Gonzalez (ex-capitã do México).

A intenção das jogadoras, com esta aventura, bastante difícil, é mostrar que as mulheres podem superar qualquer desafio e inspirar as novas gerações de garotas.

MAIS SOBRE:

radicais Alpinismo Futebol
Comentários