Nepal colocará GPS em alpinistas para evitar fraudes sobre subidas ao Everest

Governo local quer acabar com montanhistas que 'falsificam' chegada ao cume do monte

Relacionadas

Chega de migué! O governo de Nepal planeja lançar uma nova medida que promete acabar com polêmicas provocadas por alpinistas que dizem ter escalado o Everest, mas, na verdade, nunca chegaram ao topo do montanha mais alta do mundo.

As autoridades do país querem obrigar os alpinistas a usaram um GPS durante todo o trajeto da escala. A medida também tem como objetivo localizar alpinistas perdidos.

No ano passado, por exemplo, um casal de policiais indianos manipulou fotografias que simulavam que eles estavam no cume da montanha. A fraude foi descoberta e o casal foi proibido, durante uma década, de praticar montanhismo no país.

No próximo mês começa a temporada de escaladas ao Everest. As condições climáticas favorecem a subida ao monte a 8,848 metros de altitude, conhecido como o "teto do mundo".

MAIS SOBRE:

radicais Nepal Monte Everest
Comentários