Lenda do tênis cogita vender troféus de Wimbledon para quitar dívida

Investimentos ruins e filho fora do casamento foram alguns dos vilões que ajudaram falir Boris Becker

Relacionadas

A estrela do tênis alemão, Boris Becker está cogitando vender seus três troféus do Grand Slam britânico. De acordo com o jornal britânico The Sun, a expectativa do ex-número 1 do mundo é arrecadar mais de R$ 4 milhões por cada um. A decisão surgiu após o ex-atleta declar falência por ter acumulado uma dívida avaliada em US$72 milhões (cerca de R$225 milhões). 

A grande estrela das quadras nas décadas de 80 e 90 também pretende leiloar seus relógios e propriedades de luxo para ajudar a quitar o débito, segundo informações da revista alemã Bunte. Depois de aposentar, além de treinar o tenista sérvio Novak Djokovic e a seleção alemã masculina, uma de suas aventuras foi o mundo do pôquer. O ex-tenista chegou a ser um dos nomes mais populares do PokerStars. 

Prestes a completar 50 anos, o grande vilão de suas fortunas foram os investimentos ruins, além de ter pago uma fortuna para uma modelo russa que engravidou dele em um restaurante londrino. Naquela época ele ainda era casado e sua mulher estava grávida de 7 meses de seu segundo filho. Essas e outras revelações polêmicas foram relatadas em sua autobiografia entitulada “A Vida Não É Um Jogo”. 

"Traía a minha mulher quando ela estava grávida. Tive uma filha fora do nosso casamento e optei por esconder a verdade durante muito tempo. Foi o período mais difícil da minha vida. Sem dúvidas, eu fui um babaca", afirma um trecho do livro.

MAIS SOBRE:

Tênis Torneio de Wimbledon [tênis] Boris Becker
Comentários