No Dia da Mulher, Serena Williams volta às quadras após problemas no parto

Aos 36 anos, a tenista é a única mulher entre os 100 atletas mais bem pagos do mundo

Relacionadas

Uma das maiores tenistas de todos os tempos, Serena Williams voltará ao circuito oficialmente nesta quinta-feira, 8 de março, justamente no Dia das Mulheres. A tenista enfrenta Zarina Diyas nesta quinta-feira, à meia-noite no horário de Brasília.  O confronto é válido pela primeira rodada do Masters de Indian Wells.

No Dia da Mulher, ESPN escala narradora para jogo da Liga Europa

Michele Roberts, a mulher que lidera mais de 400 jogadores da NBA

Estrela fitness nada 102 km arrastando tronco de árvore de 45 kg

A atleta teve problemas de saúde no parto, o que acabou atrasando seu retorno às quadras. Após dar à luz a filha Alexis Olympia Ohanian Jr. em setembro de 2017, a ex-número 1 precisou realizar uma cesariana porque a frequência cardíana de sua filha caiu drasticamente no momento das contrações. 24 horas depois da cirurgia, vieram as complicações, que ela chamou de "seis dias de incerteza". 

 

My baby is 6 months today. So yummy.

Uma publicação compartilhada por Serena Williams (@serenawilliams) em

 

“Tem sido difícil. Tive vários dias em que mesmo me sentindo bem, me perguntava: 'Como eu vou continuar'. Tem sido realmente difícil, talvez não esteja no meu melhor, mas estou chegando lá e todo dia é um novo dia para melhorar. Enquanto estiver evoluindo, mesmo que no passo de uma tartaruga, estou bem com isso”, afirmou Serena em entrevista à emissora britânica BBC.

Aos 36 anos, Serena é a única mulher entre os 100 atletas mais bem pagos do mundo, de acordo com a lista da revista Forbes divulgada na metade de 2017. A tenista americana é a maior vencedora de Grand Slams, com 23 títulos. 

MAIS SOBRE:

tênis Serena Williams Zarina Diyas tênis parto
Comentários