Tenista 'mais azarada do mundo' corta dedão um mês após ser picada por abelha

Tcheca Krystina Pliskova vencia partida mas não teve condições de permanecer em quadra

Relacionadas

A tenista tcheca Krystina Pliskova, atual número 37 do mundo pelo ranking da Associação Mundial de Tênis (WTA), pode ser considerada a mais azarada do mundo. Um mês depois de ser picada por uma abelha durante uma partida, desta vez ela foi ajeitar um ventilador durante o torneio da WTA, em Jiangxi, na China, e acabou cortando o dedão da mão esquerda.

Poucos instantes depois, ela notou sangue no dedo e teve que usar sua toalha para estancar o ferimento. Após ela ser atendida por médicos em quadra, os profissionais constataram que não havia condições de ela continuar no jogo, que estava vencendo por 3-0 no primeiro set, contra a japonesa Nao Hibino. Pliskova teve que ser levada a um hospital para levar pontos e teve que abandonar o jogo, que valia pelas oitavas de final.

Antes do acidente, a tenista teria pedido a auxiliares para que ajeitassem os ventiladores, mas ela aparentemente não teria sido compreendida.

Há um mês, Pliskova foi picada por uma abelha quando enfrentava a alemã Angelique Kerber, então número 1 do mundo, na Inglaterra. Ela acabou perdendo a partida.

Assista a um vídeo do acidente (que ocorre a partir da marca dos 40 segundos):

MAIS SOBRE:

tênis tênis
Comentários