Após assalto, Hamilton reclama de insegurança no Brasil: 'Acontece todo ano'

Van com funcionários da Mercedes foi assaltada na saída do Autódromo de Interlagos

Campeão da Fórmula 1 em 2017, Lewis Hamilton reclamou do assalto sofrido por funcionários da Mercedes nos arredores do Autódromo de Interlagos, ao final do primeiro dia de treinos livres, nesta sexta-feira, 10. 

Em sua conta no Twitter, o inglês publicou que "algumas pessoas da minha equipe foram ameaçadas por armas na última noite deixando o autódromo aqui no Brasil". "Foram disparados tiros e as armas foram apontadas para a cabeça deles. Isso é decepcionante de saber. Por favor, rezem por esses colegas que estão aqui como profissionais hoje, mesmo abalados", adicionou. 

Em outro tweet, ele falou que incidentes semelhantes acontecem todos os anos no Brasil e que "a Fórmula 1 e as equipes precisam fazer mais, não há desculpa". 

 

+Lewis Hamilton inclui quarta estrela no capacete e 'voa' em Interlagos

+ Equipes da Fórmula 1 sofrem assalto nos arredores de Interlagos

+ Site da F-1 publica vídeo com momentos mais emocionantes do GP Brasil

+ Siga o Fera no Twitter

 

 

 

 

ENTENDA O CASO

Uma van transportando funcionários da Mercedes foi assaltada na saída do Autódromo de Interlagos na noite desta sexta-feira, 10, logo depois dos dois primeiro treinos livres para o GP do Brasil. A equipe não informou o que exatamente foi roubado, no entanto, a assessoria de imprensa da escuderia informou que foram levados "itens valiosos".

Apesar do susto, os funcionários preferiram não acionar a polícia. Neste sábado, 11, dia do treino que define o grid de largada do GP do Brasil, as vans da Mercedes receberam escolta policial do hotel até Interlagos. 

Ao contrário de Hamilton, o assessor de comunicação da Mercedes, o italiano Matteo Bonciani, minimizou o caso, dizendo que não houve grandes riscos na ação dos criminosos. "Eu moro em Paris e essas coisas também acontecem lá", disse à reportagem do Estado. Nos últimos anos, houve registros de outros assaltos a equipes e pilotos da F-1 nas proximidades de Interlagos.

 

 

MAIS SOBRE:

velocidade Mercedes Lewis Hamilton Fórmula 1
Comentários