Corrida na Malásia termina de forma bizarra: ficou todo mundo sem gasolina

Organização de prova de F-4 calculou mal a quantidade de combustível que pilotos tinham que levar

Relacionadas

A chegada de uma das prova de F-4 disputadas na manhã deste sábado no circuito de Sepang, na Malásia (onde ocorre também o GP de Formula 1) foi bastante bizarra: não teve carros. É isso mesmo. Todos os pilotos acabaram abandonando a prova por falta de combustível.

A culpa foi da organização da prova, que calculou errado a quantidade de combustível que os carros deveriam carregar (para menos, obviamente).

Segundo o relato, publicado pelo portal Globoesporte, os carros foram parando um a um, e alguns pilotos ainda desceram para empurrar, por causa do perigo da situação.

A direção acabou colocando na pista o Safety Car e apenas um único piloto, Kane Sheppard, ainda tinha combustível na antepenúltima volta - pouco depois, ele também parou. Por causa de ter sido o último a andar, ele foi declarado o vencedor da corrida, que simplesmente não teve nem a penúltima nem a última voltas.

A bizarrice foi tamanha que só carro de segurança ficou andando na pista, repleta de carros vazios, no fim da corrida.

 

MAIS SOBRE:

velocidade Automobilismo
Comentários