'Grid Kids': Fórmula 1 substitui modelos por crianças no grid de largada

Tática para aproximar os pequenos já é usada na Fórmula E

Relacionadas

Depois de anunciar o fim de carreira das grid girls, a Fórmula 1 comunicou nesta segunda-feira que quem vai substituir as modelos serão crianças. Isso mesmo que você leu! Chamado de "Grid Kids", a nova iniciativa busca atrair o público jovem e dar fim a tradições que não condizem com a marca, tampouco com as "normas de uma sociedade moderna". 

Depois de festança de aniversário, Neymar foca em derrotar o Real Madrid

Antes favorita, agora confusa. O que acontece no time campeão da Fórmula E?​

+  Liga pro doutor! Godín perde dentes em choque com goleiro brasileiro​

As crianças vão ser selecionadas pelos clubes de automobilismo locais pelo mérito e também por sorteio. Terão preferência aquelas que já estiverem inseridas no esporte, competindo em categorias juniores ou kart. Os selecionados vão poder acompanhar de perto o preparo dos pilotos no grid em todos os grandes prêmios de 2018.

“Este será um momento extraordinário para esses jovens: imagine, de pé ao lado de seus heróis, assistir enquanto se preparam para competir, a elite da elite no automobilismo, para estar lá, ao lado deles naqueles preciosos minutos, pouco antes da largada,” disse o diretor comercial da F1, Sean Bratches.

A decisão chegou a ser abertamente contestada por Bernie Ecclestone, homem-forte da Fórmula 1 durante décadas, que vendeu os direitos da corrida para a Liberty Media em janeiro de 2017. "O país neste momento está se tornando um pouco puritano", declarou o empresário britânico de 87 anos. "Não consigo ver como uma garota bonita em frente a um carro de F1 pode ofender alguém", insistiu.

(Com informações da AFP)

MAIS SOBRE:

velocidade criança Fórmula 1 GP Brasil [Fórmula 1]
Comentários