Depois de capotar oito vezes, piloto da Copa Porsche diz que tem apenas olho roxo

Nenhum problema foi detectado nos exames realizados por Eduardo Azevedo

Relacionadas

O acidente foi impressionante. Na etapa de Curitiba da Porsche Império Carrera Cup, Eduardo Azevedo tentou defender o terceiro lugar ainda na quinta volta da corrida, acabou tocando no adversário Miguel Paludo e o carro capotou, rodando oito vezes. A prova foi interrompida e só foi retomada depois de meia hora, quando todos os detritos foram tirados da pista.

+ Hamilton e Bottas inauguram Centro de Pesquisa no valor de R$ 197 milhões

+Thiago Camilo desafia Bia Figueiredo a comer em um percurso a 240km/h; vídeo

+ Fórmula 1 lança própria plataforma de streaming com treinos e provas ao vivo

Mas, felizmente, o piloto não sofreu graves consequências. "Foi só o susto e um olho roxo", garantiu Eduardo Azevedo ao ser liberado do hospital, depois de passar por exames e ficar internado por 24 horas em observação. Não houve nenhuma anormalidade detectada nos diagnósticos.

A corrida era a primeira da temporada da Porsche Império Carrera Cup. Azevedo estava em terceiro lugar e perdeu o contato com o asfalto a 165 km'h, sendo submetido a uma força centrífuga de 7,1 a da gravidade. Para efeito de comparação: um piloto de avião de caça enfrenta forças de até 8G, e um astronauta tem treinamentos para fazer o corpo aguentar até 9G –ponto em que um ser humano sadio e bem treinado apaga. Essas forças, entretanto, escalam gradativamente. No caso do acidente de sábado, o impacto variou de 1G a 7,1G em 40 milissegundos.

A próxima etapa da Porsche Império Carrera Cup acontece em três semanas em Interlagos - com a presença de Azevedo, provavelmente.

MAIS SOBRE:

Velocidade automobilismo Porsche
Comentários