Em 1º teste na Fórmula Indy, Fernando Alonso atropela dois pássaros

Apesar de ter desviado de um terceiro, piloto espanhol afirmou que não viu animais na pista

Relacionadas

A experiência de Fernando Alonso na Fórmula Indy e as 500 Milhas de Indianápolis começou de fato nesta quarta-feira, quando deu suas primeiras voltas com o carro da McLaren Honda Andretti no lendário circuito de Indianápolis. 

O piloto espanhol passou pelo Programa de Orientação de Novatos (Rookie Orientation Program), procedimento obrigatório aos iniciantes que desejam competir na prova. No circuito oval de 2,5 milhas (4 quilômetros), Alonso precisou completar 10 voltas entre 205 mph e 210 mph (329 km/h e 337 km/h), 15 entre 210 mph e 215 mph (337 km/h e 346 km/h) e mais 15 voltas acima das 215 mph (346 km/h). Durante a atividade, o espanhol chegou à velocidade máxima de 222,548 mph (358,156 km/h). 

A prova, no entanto, ficou marcada por uma incidente trágico. Em uma das voltas, o piloto não conseguiu desviar de dois pássaros que estavam na pista e acabou atropelando a ambos. As imagens mostram que os animais nem tiveram tempo para desviar, já que o carro estava em uma velocidade muito alta. 

 

 

Em entrevista coletiva após ao final da atividade, Alonso respondeu que não viu os pássaros no caminho, mas conseguiu desviar de um terceiro em outro ponto da pista. "Nem os vi no caminho. Vi um pássaro na penúltima volta, esse eu consegui fazer o desvio e seguir. Esse eu consegui salvar. Provavelmente eu não faria isso na corrida. Mas hoje eu salvei uma vida. Mas eu não fui capaz de salvar os outros dois." 

Devido à sua participação nas 101ª edição das 500 Milhas de Indianápolis, em 28 de maio, Fernando Alonso não participará do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1, marcado para a mesma data. 

MAIS SOBRE:

velocidade Fórmula Indy Fernando Alonso
Comentários