Para diminuir peso do carro, Hamilton correu 'com sede' na Espanha

Piloto disse que não levou água a bordo; carro da Mercedes está bem acima do peso mínimo permitido

Relacionadas

Para diminuir o peso de seu carro e, assim, ganhar em eficiência na pista do GP da Espanha, disputado neste domingo, o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, optou por não levar água no carro. A máquina da equipe está bem acima do peso mínimo permitido na F1, de 728 kg (contando o carro e o piloto), problema que a escuderia espera resolver nas próximas provas.

O esforço valeu a pena, já que Hamilton, que passou a corrida "ofegante", acabou vencendo a prova, disputada em Barcelona, diminuindo a distância para Sebastian Vettel, da Red Bull, que chegou em segundo.

A falta de hidratação, combinada a uma corrida em que o inglês teve de forçar o ritmo praticamente por todo o tempo para superar Vettel, acabou desgastando Hamilton na prova - mais do que o normal, segundo o piloto.

Em média, a cada 10 kg a menos no carro o ganho de tempo é 10 décimos de segundo por volta. Agora, a Mercedes trabalha para diminuir o peso do carro para a próxima etapa, o badalado GP de Mônaco.

 

MAIS SOBRE:

velocidade Velocidade
Comentários