Pentacampeão mundial de motocross morre afogado ao tentar salvar cão

Eric Geboers estava desaparecido desde domingo e foi encontrado sem vida nesta segunda-feira

Relacionadas

Autoridades da Bélgica encontraram nesta segunda-feira o corpo do ex-piloto Eric Geboers, pentacampeão mundial de motocross, que estava desaparecido desde domingo, quando passeava de barco com amigos no lago de Miramar, no norte do país.

+ Rubinho Barrichelo aparece em vídeo promocional de Deadpool 2

+ Pietro Fittipaldi deixa UTI após cirurgia nas pernas e recebe apoio de pilotos

+ Após acidente, Enzo Fittipaldi pede aos fãs: 'Orem pelo meu irmão'

Segundo informações da agência de notícias Belga, Geboers mergulhou para tentar salvar um cachorro que havia caído na água, mas não conseguiu retornar.

O ex-piloto, de 55 anos, era o mais novo da família Geboers, famosa no meio do motocross, e foi o primeiro da história a conquistar o título mundial em todas as cilindradas: de 125 (1982 e 1983 com a Suzuki), 250 (1987 com a Honda) e 500 (1988 e 1990 com a Honda).

Geboers acumulou apelidos devido a suas conquistas. Aos 17 anos, começou a ser chamado de "Le Kid" após se tornar o piloto mais jovem do mundo a vencer o Grande Prêmio da França, em 1980. Já a inédita consagração com os títulos mundiais nas três cilindradas lhe renderam o apelido de "Mister 875", dado pela imprensa pela soma dos centímetros cúbicos de 125, 250 e 500.

Ao longo da carreira, o ex-piloto belga venceu 39 GPs, além de ter conquistado o tricampeonato da prova Enduro du Touquet (1988, 1989 e 1990) e recebido o Troféu Nacional do Mérito Esportivo, em 1988.

Em 1990, Geboers decidiu se aposentar aos 28 anos e passou a promover corridas e disputar provas de endurance nos carros. O ex-piloto também comandou durante anos a equipe oficial de fábrica da Suzuki no Mundial de Motocross, ao lado de seu irmão mais velho, Sylvain./EFE

 

MAIS SOBRE:

Velocidade Bélgica [Europa] cachorro
Comentários