Revista alemã dá falsa notícia sobre Schumacher e família ganha indenização

Publicação alemã fez reportagem dizendo que ex-piloto teria começado a caminhar

Relacionadas

A família do ex-piloto e heptacampeão mundial de Formula 1 Michael Schumacher ganhou uma indenização de 50 mil euros (cerca de R$ 165 mil) da revista alemã Bunte. A revista publicou informações falsas sobre o estado de saúde do ex-piloto, que continua em tratamento sigiloso em sua casa, na Suíça. A decisão foi do tribunal distrital de Hamburgo (Alemanha).

De acordo com a reportagem, que saiu em dezembro de 2015, Schumacher teria dado alguns passos. Logo após, a assessora do ex-piloto, Sabine Kehm, falou que a informação era falsa. Em setembro do ano passado, a família ingressou com a ação na Justiça, sob a alegação de que a privacidade do ex-piloto tinha sido violada.

“Schumacher não pode andar hoje. E é improvável que isso tenha acontecido na época”, disse um porta-voz do tribunal de Hamburgo.

Desde que sofreu uma acidente de esqui nos Alpes Franceses, em dezembro de 2013, o assunto é tratado com extrema discrição pela família. No início deste ano, o jornal britânico Daily Mail publicou reportagem segundo a qual o ex-piloto teria chorado ao ouvir as vozes de seus filhos.

MAIS SOBRE:

velocidade Michael Schumacher Velocidade
Comentários