Musa do vôlei brasileiro admite sonho de entrar para o mundo da moda

Jaqueline pretende ser estilista depois que encerrar carreira como atleta

Relacionadas

Jaqueline Carvalho é uma das maiores jogadores de vôlei da história. Entre outros muitos títulos, ele é bicampeã olímpica com a seleção brasileira. Aos 33 anos, porém, sua carreira se encaminha da reta final e ela já sabe muito bem o que quer fazer quando se aposentar: entrar para o mundo da moda.

"Quero ser estilista. Sempre que tenho uma oportunidade, vou ao São Paulo Fashion Week para acompanhar os desfiles. Para mim é um aprendizado", disse ela, em entrevista à Revista Vogue, detalhando que já possui negócios no meio: "Há três meses, abri um salão chamado Maria João Barbearia, em São Paulo, e vou assinar uma linha de joias. Enquanto tenho o vôlei, vou colocando os projetos paralelos em prática. Depois que me aposentar, quero ir por esse lado".

 

Partiu gravaçã...

Uma publicação compartilhada por Jaque Carvalho (@jaqueline) em

Bastante vaidosa, a atleta contou que gosta de se maquiar até mesmo para entrar em quadra, o que já lhe causou certos "problemas". "Desde novinha sempre gostei de me cuidar. Quando comecei no vôlei, não quis perder a essência. Mas já passei alguns perrengues por usar maquiagem durante os jogos. O que sempre acontece é ir cumprimentar as outras meninas e passar a maquiagem no abraço para o rosto delas. Os técnicos também: sempre saem com a camisa manchada", comentou, se divertindo com a situação.

Sobre o assédio que sofre por causa de sua beleza, ela, que é casada com Murilo, também jogador de vôlei, disse não se importar com o rótulo de musa. "As pessoas comentam sobre a minha beleza, falando que tenho traços indígenas. Recebo cantadas direito... Tem de levar numa boa, esquecer. Não vale a pena me estressar por causa disso".

MAIS SOBRE:

Vôlei Murilo São Paulo Fashion Week vôlei vôlei
Comentários