Acionista do Golden State Warriors é banido e multado após empurrar Kyle Lowry

Lance ocorreu no jogo 3 das finais da NBA, entre a franquia californiana e o Toronto Raptors

Relacionadas

Mark Stevens, acionista do Golden State Warriors, está sofrendo as consequências de uma atitude tomada no jogo 3 da final da NBA 2019. O empresário empurrou abruptamente Kyle Lowry, jogador do Toronto Raptors, quando ele acabou caindo próximo à fileira do público onde Stevens estava.

Por causa da atitude, Stevens ficará proibido de frequentar os jogos da NBA durante um ano inteiro, além de receber uma multa de US$ 500 mil em multa (R$ 1,94 milhão).

O armador do Toronto tentou recuperar uma bola e acabou caindo ao lado de torcedores que ficam colados na quadra. Mark Stevens, que estava sentado ao lado, empurrou Lowry, que revoltado, reclamou com a arbitragem, mas o lance não deu em nada. Veja o vídeo.

Além da raiva demonstrada por Lowry na situação, quem também se revoltou foi LeBron James. "Quando você senta na beira da quadra, sabe exatamente o que acontece. Mesmo ele sendo um torcedor, mas mais importante, um sócio dos Warriors, sabia exatamente o que ele estava fazendo, que é muito desnecessário. Algo precisa ser feito o mais rápido possível. Apenas pense, e se o Kyle Lowry tivesse reagido e colocado as mãos nele? Vocês ficariam loucos, pedindo para que ele fosse preso ou suspenso pelo resto das finais", postou LeBron no instagram.

Jogadores do Golden State Warriors também se manifestaram. Draymond Green afirmou que a situação os deixava expostos e Klay Thompson afirmou que não concordava com a ação, mas que daria o benefício da dúvida de que ele não empurrado de propósito. A própria franquia californiana suspendeu Mark Stevens pelo jogos restantes das finais.

O jogo terminou com a vitória do Toronto Raptors por 123 a 109. Agora, a franquia canadense lidera a série por 2 a 1. O próximo jogo será disputado nesta sexta, às 22h (horário de Brasília), mais uma vez na Oracle Arena, casa do Golden State Warriors.

MAIS SOBRE:

basqueteNBA [National Basketball Association]Golden State WarriorsToronto Raptors
Comentários