Após declaração polêmica, Nasa convida Curry para conhecer laboratório lunar

Astronauta veterano Scott Kelly também comentou as declarações do armador dos Warriors

Relacionadas

Na tarde da última segunda-feira, Stephen Curry causou polêmica com uma declaração dada durante o podcast Winging It: o astro do Golden State Warrios afirmou não acreditar que o astronauta norte-americano Neil Armstrong pisou na Lua em 1969. 

Assim como a afirmação de Kyrie Irving, que comentou que "a Terra é plana", a teoria do camisa 30 também repercutiu nas redes sociais. O armador questiona seus companheiros de programa, os jogadores do Atlanta Hawks Kent Bazemore e Vince Carter, se eles acreditam que o homem pisou na Lua.

Diante de várias respostas negativas, ele resolve também dar sua opinião. "Eles vão vir nos pegar. Eu também acho que não", comentou Curry. Scott Kelly, astronauta aposentado, mandou um recado ao jogador. "Steph, respeito muito você, mas sobre a questão de termos pousado na Lua, vamos conversar. Me mande uma mensagem", pediu via Twitter.

A própria Nasa, agência aeroespacial dos Estados Unidos, também comentou a declaração de Curry. "Iríamos amar se o Sr. Curry visitasse o laboratório lunar no Johson Space Center em Houston, talvez na próxima vez que os Warriors estiverem na cidade para jogar contra os Rockets", disse o porta-voz da NASA Allard Beutel para o TMZ.

"Temos centenas de quilos de pedras da Lua guardados lá, e o controle da missão Apollo. Durante a visita, ele poderá ver o que fizemos 50 anos atrás. Verá, também, o que estamos fazendo hoje para voltarmos à Lua nos próximos anos. Mas, desta vez, para ficar", afirmou. 

Se Curry aceitar o convite, ele poderá visitar a NASA no dia 13 de março do ano que vem, quando os Warrios visitam o Houston Rockets.

 

MAIS SOBRE:

BasqueteStephen CurryHouston RocketsLuaNasa [Agência Aeroespacial dos Estados Unidos]
Comentários