COI está perto de incluir o basquete de rua nos Jogos de Tóquio-2020

Modalidade 3 contra 3 pode valer medalha já na próxima Olimpíada

Relacionadas

O basquete de rua tem chances reais de ser mais uma novidade nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, segundo reportagem da agência de notícias AP.

O Comitê Executivo do COI, segundo a agência, vê com bons olhos a inclusão da modalidade, disputada no esquema 3 contra 3. O órgão vai finalizar, na próxima semana, a lista de eventos que valerão medalha na próxima Olimpíada. A reunião vai acontecer em Lausanne, na Suíça.

O secretário-geral da Federação Internacional de Basquete (Fiba), Patrick Baumann, diz que a inclusão de esportes como skate e escalada criou um contexto propício à entrada do basquete de rua. "Acreditamos que o melhor esporte urbano coletivo é o basquete 3 contra 3. Certamente se encaixaria perfeitamente", afirmou.

Apesar da origem comum com o basquete tradicional, o basquete de rua tem um circuito global desenvolvido à parte e apresenta diferenças importantes no ritmo de jogo e atribuições táticas dos atletas.

A ideia de incluir o basquete de rua no programa olímpico se encaixa na busca do COI por tornar as Olimpíadas mais atraentes para o público jovem. 

MAIS SOBRE:

basqueteComitê Olímpico InternacionalBasquete
Comentários