'Fogo neles': a polêmica faixa pensada para o jogo entre Botafogo x Flamengo

Clubes cariocas se enfrentam pelo quarto jogo da semifinal da NBB

Relacionadas

Nesta terça-feira, o Botafogo enfrenta mais uma vez o Flamengo em uma partida válida pela semifinal da NBB (Novo Basquete Brasil). O rubro-negro tem a vantagem de estar vencendo a série por 2 a 1 e pode garantir a vaga na decisão contra Franca neste quarto jogo disputado em General Severiano.

Já no clima de decisão, uma ação pensada para o jogo tem criado polêmica. Vai ocorrer a distribuição de 600 faixas para os torcedores presentes e outras 500 bexigas. Os dizeres das faixas, no entanto, estão repercutindo negativamente: "Fogo neles!".

Marcelo Fonseca, vice de comunicação do Botafogo, afirmou em entrevista ao jornalista Venê Casagrande que a ação não é do clube, mas admite que passou por ele e que não imaginava que as pessoas fossem levar para o lado da tragédia que ocorreu no Ninho do Urubu, CT do Flamengo, no dia 8 de fevereiro. O repórter informou que Marcelo tentará cancelar a ação. 

Parte dos torcedores do próprio Botafogo não aprovaram a atitude, uma vez que a frase pode ser entendida de duas maneiras. Vale lembrar que é recente a tragédia no Ninho do Urubu, no alojamento das categorias de base do Flamengo. O incêndio causou a morte de dez garotos e deixou outros três feridos.

"Não levarei essa faixa, vou pedir aos meus amigos que não peguem", escreveu uma torcedora. "Essa faixa poderia ser levantada em qualquer outro jogo, mas nesse em específico, é inevitável a alusão à tragédia", opinou outro. "Nem falo pelo Flamengo, mas pelos garotos que morreram e suas famílias", comenta uma das postagens contrárias ao uso das faixas.

Outros, no entanto, disseram não haver problemas. "Fomos solidários, porém a faixa é tradição nossa assim como nosso nome", "Qualquer outro tipo de interpretação é mau caratismo", "Se tirarem a porra da faixa hoje vou ficar p***! Nosso time é Botafogo, apelido sempre foi Fogo", foram alguns dos comentários de quem é a favor da faixa. 

MAIS SOBRE:

basqueteBotafogoFlamengoNBB [Novo Basquete Brasil]Ninho do Urubu
Comentários