Kevin Durant isenta Warriors de culpa por lesão e provoca Raptors

Jogador saiu da franquia californiana e jogará no Brooklyn Nets na próxima temporada

Relacionadas

Kevin Durant pode ter que passar boa parte da próxima temporada da NBA sem atuar devido a uma lesão no tornozelo, agravada no jogo 5 da última final do torneio, entre Golden State Warriors e Toronto Raptors. O atleta negou que o Warriors o tenha forçado a entrar em quadra antes do planejado por desespero durante uma entrevista ao site Yahoo Sports.

“Nem ferrando. Como você pode culpa-los? Nem ferrando. Eu ouvi que os Warriors me pressionaram para voltar. Ninguém jamais disse uma palavra durante minha recuperação quando eu estava voltando. Era apenas eu e (o diretor do departamento médico) Rick (Celebrini) trabalhando todos os dias”, revelou Durant, de que tudo aconteceu dentro do cronograma.

“Desde que a série começou eu mirei o jogo 5. Nem ferrando. Isso apenas aconteceu. É basquete. M***** acontece. Ninguém foi responsável por isso. Era apenas um jogo. Nós apenas precisamos deixar essa m**** para trás, pois eu voltarei a jogar”, completou o atleta sobre o assunto do rompimento do tendão de Aquiles.

Durant ficou poucos minutos em quadra durante o jogo 5, quando o Toronto Raptors estava na frente por 3 a 1 e o Warriors precisava da vitória para evitar que o adversário fechasse a série. O armador ficou poucos minutos em quadra antes de sentir a lesão novamente, agravada, mas foi importante para sua franquia sair de quadra ainda viva no torneio.

Só que o Raptors levou o jogo 6 e fechou a série em 4 a 2. Mas, para Durant, isso não vai voltar a acontecer tão cedo. “Provavelmente será a última vez que eles estarão nas Finais”, projetou o jogador, que também garantiu não ter ouvido os gritos de felicidade de alguns torcedores da franquia canadense quando ele saiu de quadra lesionado.

O atleta pode ter razão, já que o Raptors perdeu sua principal estrela, Kawhi Leonard, para o Los Angeles Clippers. O próprio Durant trocou o Warriors pelo Brooklyn Nets durante o período de 'agência livre' da NBA.

MAIS SOBRE:

basqueteKevin DurantGolden State Warriors
Comentários