Jogador da NBA é acusado de cometer estupro no dia em que sofreu lesão grave

Polícia de Nova York acusa Kristaps Porzingis de cometido o crime contra uma vizinha depois de romper ligamentos do joelho

Relacionadas

Recém-transferido para o Dallas Mavericks - equipe pela qual ainda nem atuou -, o ala-pivô Kristaps Porzingis está sendo investigado pela polícia de Nova York por suposto estupro realizado na época em que jogava pelo time da cidade, o New York Knicks. De acordo com as investigações, o crime teria acontecido no mesmo dia em que o letão se machucou seriamente, em 7 de fevereiro de 2018. O caso foi exposto pelo jornal New York Post.

Porzingis não entra em quadra na NBA desde então. O ala-pivô de 2m21cm rompeu o ligamento durante a derrota dos Knicks para o Milwaukee Bucks, na reta final da temporada 2017/2018. Ao chegar em casa do Madison Square Garden, palco do duelo, o letão teria contatado uma vizinha para que ela fosse até seu apartamento e, por volta das 2h da manhã, supostamente a estuprou.

O caso só veio a público mais de um ano depois pois a mulher teria recebido valores aproximados de R$ 280 mil para manter o silêncio. Ouvido pela reportagem do New York Post, um policial de alta patente de Nova York considerou o depoimento crível e o caso agora está sendo investigado pelo Departamento de Vítimas Especiais da entidade.

O Dallas Mavericks, atual time de Porzingis na NBA, já está ciente do caso. "Nós fomos instruídos pela autoridades federais para não comentar o caso", disse o presidente da franquia, Mark Cuban, ao jornal que divulgou o caso, através de um e-mail. De acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN americana, os Knicks informaram os Mavs sobre as acusações no dia 31 de janeiro, quando a troca entre as equipes foi feita.

Através de seu canal no Youtube, Porzingis tem publicado vídeos em que registra o momento de sua lesão e o passo a passo de sua recuperação. Na noite que se machucou, o letão teria voltado para o seu apartamento com irmão e o fisioterapeuta e, em um momento de relaxamento, ingeriram doses de tequila.

MAIS SOBRE:

basqueteNew York KnicksKristaps PorzingisNBA [National Basketball Association]crime sexual [Assédio Ato libidinoso Corrupção de menor Estupro]
Comentários